Eventos

IV Simpósio de Turismo da Abrajet SC
foi realizado com suceso e muita confraternização


Jornalistas especializados em Turismo filiados à ABRAJET-SC (Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo – Seccional Santa Catarina participam da abertura oficial do IV Simpósio de Turismo no Hotel Itaguaçú, em Florianópolis de 14 a 16 de Dezembro de 2012.  Além de discussões internas sobre a entidade, os profissionais receberam dois convidados palestrantes, Juliana Castanho e Wirto Schaeffer que trataram, respectivamente, sobre a captação de eventos e a evolução do turismo em Santa Catarina e a Rota Caminhos da Neve. Também prestigiou o evento, o vereador Renato Geske.

O encontro serviu como confraternização
de final de ano dos associados


Os jornalistas associados da ABRAJET de Santa Catarina, Brindaram Espumante Niágara  e Brut da Panceri  = Vinhos Finos Panceri na beira da piscina do Hotel Itaguaçú – Florianópolis. Após o dever, o prazer e o grupo encerrou a noite de abertura do evento com um “supimpa” e “lauto” jantar na Churrascaria Riosulense

Abrajet SC

O presidente da Abrajet (SC), Alberto Gonçalves de Souza conduziu os trabalhos do IV Simpósio de Turismo, iniciando com discussão de assuntos internos. Na reunião administrativa foi aprovada a inclusão dos dois mais novos sócios da entidade., ambos de Tubarão, o jornalista Arilton Barreiros de Souza (diretor proprietário da Rádio JK Santa Catarina e colunista dos jornais Nossa Folha, Jornal da Cidade, O Município, Regional Sul e O Popular) e Tatiana Soares Dorneles (jornalista do Diário do Sul e editora do blog Destino mundo afora). Na oportunidade também foi anunciada a realização das eleições para a nova diretoria programada para o dia 18 de janeiro e em seguida entregue a carteiras da Abrajet Nacional para alguns membros. Os associados também aprovaram o envio de moção ao governador do Estado, Raimundo Colombo, indicando o atual prefeito de Imbituba, José Roberto Martins para ser integrante do colegiado como o novo secretário de Turismo de Santa Catarina.


Alberto Gonçaves de Souza
Presidente Abrajet-SC

Rota Caminhos da Neve

Um sonho de 33 anos que está se tornando realidade para o empresário Wirto Schaeffer e para o turismo catarinense, a consolidação da rota turística de integração da Serra Gaúcha e Serra Catarinense, a Rota Caminhos da Neve. “A Rota da Neve é uma obra importante para os dois estados em diversos aspectos. Entre eles podemos destacar o turismo, o escoamento da produção, a viabilidade de empreendimentos de geração de energia, entre outras vantagens.

Somente no turismo, algumas estatísticas mostram que a rodovia Caminhos da Neve deverá desviar o tráfego da BR-116 e da BR-101, permitindo a passagem de pelo menos 700 mil pessoas por ano.  O projeto no lado gaúcho está na fase de estudos econômicos e ambientais e em Santa Catarina o 10º Batalhão de Engenharia e Construção de Lages está trabalhando na terraplanagem e na instalação do britador. A expectativa do Grupo Gestor da Rota Caminhos da Neve é que em 2014 a obra esteja finalizada.
A estrada que une a Serra Gaúcha, os Campos de Cima da Serra e a Serra Catarinense existe há 284 anos quando foi aberto o primeiro caminho entre Rio Grande do Sul e São Paulo. Há mais de 20 anos lideranças gaúchas e catarinenses reivindicam a integração da infraestrutura viária na região.  Em 12 de fevereiro de 1993 o projeto foi lançado oficialmente pelos prefeitos de Bom Jesus e de São Joaquim. Em 27 de abril de 1996, durante a II Cavalgada Caminhos da Neve, os prefeitos de Bom Jesus e de São Joaquim uniram as bandeiras dos dois estados, às margens do Rio Pelotas, e num movimento pela pavimentação da rodovia.
Em 19 de abril de 2011, o trecho entre Bom Jesus e São Joaquim foi eleito uma prioridade regional para a Copa de 2014. Em 15 de dezembro de 2011 foi inaugurado pelo governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, mais um trecho da estrada Caminhos da Neve, a ERS-110.  Em 27 de fevereiro de 2012, o governador de Santa Catarina, João Raimundo Colombo, visitou a rodovia e entregou a ordem de serviço para a construção de mais alguns quilômetros. Essa nova rota tem por objetivo maior impulsionar a economia de mais de 30 municípios localizados entre a BR-116 e a BR-101. Os municípios que integram a Rota Caminhos da Neve são responsáveis por mais de 85% da produção de maçãs do Brasil e outras frutas, como a uva, onde tem se destacado a produção de vinhos de altitude.  “Com a pavimentação espera-se que circule na região aproximadamente 700 mil turistas por ano e movimente R$ 1 bilhão da produção primária”, observou Wirto Schaeffer.

Captação de Eventos e evolução do Turismo em SC

Para finalizar a programação do Simpósio na noite de sexta-feira (14), a diretora executiva da Florianópolis Convention & Visitors Bureau, Juliana Castanho fez uma exposição dos trabalhos que a entidade realiza e que tem estimulado o desenvolvimento da captação de eventos para Santa Catarina. Juliana Castanho  informou aos jornalistas que o FC&VB é um organismo facilitador de informações, procedimentos e encaminhamentos de dados, que propicia fatores vantajosos nas exigentes negociações para sediar eventos. “Uma fonte de consultas e apoio para empresas, associações, federações, órgãos públicos e privados potencialmente geradores de eventos e  um veículo de relações públicas com todas as entidades públicas e privadas, que possam gerar eventos, seja a nível local, regional, nacional e internacional”, definiu a diretora.

Juliana Castanho

Segundo Juliana, o Brasil é hoje o sétimo colocado, em nível mundial, na captação de eventos e Florianópolis se encontra na quarta posição nacional, empatando com Brasília e só ficando atrás das cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. No ano passado foram captados 13 eventos e em 2012 já são 27.

Associados da ABRAJET-SC são convidados
da Associação Catarinense de Imprensa.Na manhã do sábado 15 de dezembro,   o grupo seguiu  para Canasvieiras onde degustaram  uma paella com os associados da ACI – Associação Catarinense de Imprensa.

Conheça um pouco do espumante que fez sucesso
na confraternização da ABRAJET-SC em Florianópolis

MOSCATEL PANCERI
A partir de uvas moscatéis esse espumante é elaborado pelo método italiano Asti. Resultado do processo de uma única fermentação este Moscatel apresenta-se leve e adocicado. Sua coloração é amarelo-claro, com borbulhas finas e persistentes. É agradável e refrescante com excelente equilíbrio entre acidez e gás carbônico, com atenuando gosto adocicado.
VINIFICAÇÃO
Este espumante elaborado a partir de uvas da variedade Moscato Gialo através do processo asti. O mosto flor é extraído através de prensagem suave, em seguida é clarificado e segue então para auto clave onde acontece a fermentação. Ao atingir 7,1% de teor alcoólico, a fermentação é interrompida através de diminuição de temperatura. Em seguida o produto é estabilizado, filtrado e engarrafado mantendo assim os aromas da uva, o teor de açúcar natural bem como a refrescância do gás obtido naturalmente durante a fermentação.

NOTAS DE PROVA
O aspecto visual é caracterizado por uma bela limpidez e pelo brilho. Tem coloração amarelo esverdeado quase pálido. A espuma se apresenta abundante e persistente e a perlage é fina e numerosa. O olfato apresenta grande intensidade e fineza com destaque para os aromas florais e frutados. O paladar revela a leveza e o frescor como características principais com toques frutados e florais muito agradáveis.
SUGESTÃO
Este leve e delicado espumante pode ser servido como aperitivo, mas também casa perfeitamente com doces e com sobremesas que contenham frutas.
SERVIÇO
Servir a temperatura de 4 à 6ºC
GRADUAÇÃO ALCOÓLICA
7,1 % em volume

Em 2013 a convite de Celso Panceri, os associados da ABRAJET-SC vão estar visitando e conhecendo a vinicula Panceri em Tangará/SC
Viste e conheça: www.panceri.com.br

VOLTAR

Criação e Desenvolvimento
www.abrajetsc.com.br
Evandro Novak
(49) 8421 4747
z